O Portugal 2020 atingiu no terceiro trimestre de 2023 uma taxa de compromisso de 116% e uma taxa de execução de 93%, com um aumento de 765M€ em despesa executada.

Pode consultar estes e outros dados na Infografia Trimestral e no Boletim dos Fundos da União Europeia n.º 34, com informação reportada a 30 de setembro de 2023.

Face ao segundo trimestre de 2023, a despesa executada aumentou 765 M€, sendo de destacar, com maiores taxas de execução face ao fundo programado, os domínios temáticos da inclusão social e emprego e do capital humano, com respetivamente 103% e 101%, seguindo-se o da competitividade e internacionalização com 91%.

A iniciativa REACT-EU (FEDER e FSE) atingiu em setembro de 2023 uma taxa de compromisso de 99% e uma taxa de execução de 79%, destacando-se o Programa Competitividade e Internacionalização com a maior execução face ao fundo programado (80%).

Os Programas de Desenvolvimento Rural abrangidos pelos fundos Next Generation EU, com uma tranche de 354 M€, atingiram neste terceiro trimestre uma taxa de compromisso de 100% e uma taxa de execução de 57%.

O apuramento dos valores para o conjunto do Portugal 2020 + Next Generation EU (REACT-EU e Reforço do Desenvolvimento Rural), totalizaram 26,9 mil M€ de apoio executado.

Tratando-se de Fundos do pacote Next Generation EU, o seu reporte faz-se, no presente boletim, de forma autónoma face aos fundos do Portugal 2020.

Consulte aqui:

NOTA: A foto da notícia retrata o Projeto Fajã de Santo Cristo, em São Jorge, no Açores, alvo de operações de estabilização da orla costeira, contenção e prevenção de riscos e ameaças sobre áreas sensíveis, valores naturais e ecossistemas, e recuperação e remodelação dos trilhos tradicionais, operações cofinanciadas pelo Programa Operacional Açores 2020.

Fonte: AD&C/UAME

– –
Fonte:


Consultar a fonte