O Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU) tem em marcha um plano de requalificação do património que beneficiará cerca de 5800 habitações, um número que se soma às 4400 já abrangidas este ano. O objetivo passa por melhorar o bem-estar e conforto dos moradores dos bairros que são propriedade do IHRU, beneficiando em simultâneo toda a comunidade envolvente.

As intervenções previstas no Plano de Reabilitação do Património – apresentado esta sexta-feira, 17 de novembro – centram-se na reabilitação da envolvente exterior e nas áreas comuns do edificado, visando promover a eficiência energética, melhorar o conforto acústico, reforçar o sistema estrutural, melhorar a acessibilidade das pessoas com mobilidade condicionada e renovar a imagem do edificado. 

Numa primeira fase, o plano abrangeu já 4400 habitações, com mais 1500 habitações em fase de projeto ou concurso para obra. 

Em 2024 o Plano de Reabilitação do Património entra numa segunda fase, com a requalificação a estender-se a mais de 1800 habitações de norte a sul do país. Ainda no próximo ano será iniciado o processo para intervenção em mais de 4000 habitações, com prazos de execução até 2028.

Esta sexta-feira são também assinados protocolos com a Câmara Municipal de Guimarães e associações de moradores, visando um novo modelo de gestão destes bairros, que será replicado por todo o país – um modelo assente numa política de proximidade, com uma interação direta entre o IHRU, os municípios e as associações de moradores. Com estes protocolos será possível garantir a manutenção futura dos espaços exteriores, a manutenção e reparação ligeira dos espaços comuns, dos espaços ajardinados e a capacitação dos gestores de lote. 

– –
Fonte:
https://www.portugal.gov.pt/pt/gc23/comunicacao/noticia?i=estado-requalifica-habitacao-publica-intervencoes-vao-beneficiar-5800-habitacoes

Consultar a fonte