A Hydrumedical inaugura esta sexta-feira a sua nova fábrica no Parque de Ciência e Tecnologia em Guimarães, que contou com o apoio do Portugal 2020, através do Norte 2020.

Trata-se da primeira unidade produtiva de dispositivos médicos ureterais através de uma tecnologia patenteada pela empresa (HydrUEluting).

É o primeiro stent ureteral biodegradável, que permite ultrapassar os desafios dos stents atuais como a formação de pedras nos rins, doenças associadas aos stents e necessidade de remoção dos mesmos após a sua aplicação.

Este dispositivo médico tornou a Hydrumedical na única empresa portuguesa a ser selecionada para obter um financiamento de seis milhões de euros do Acelerador do Conselho Europeu de Inovação (European Innovation Council -EIC Accelerator).

Os ensaios clínicos serão iniciados “dentro de meses”. “Temos tudo preparado em termos de projeto. O EIC é propriamente para o início dos ensaios clínicos e a escalabilidade da industrialização do nosso processo de fabrico do stent que ficará sedeado em Guimarães”, referiu Alexandre Barros, Presidente Executivo da Hydrumedical.

Fonte: ECO

– –
Fonte:


Consultar a fonte