Este relatório, com o objetivo de avaliar como estão as empresas portuguesas a implementar os 17 objetivos sustentáveis da Agenda 2030, foi elaborado com base num estudo que incidiu sobre 169 empresas, das quais 108 são PME e 61 são Grandes Empresas.

As conclusões deste estudo revelam que 78,7% das Grandes Empresas afirmam saber como atuar na sustentabilidade e nos ODS e estão a operacionalizar essa atuação mas apenas 25,0% das PME consultadas refere ter essa capacidade e apontam como principais barreiras para a adoção dos ODS a falta de conhecimento sobre como operacionalizar e sobre os ODS e referem que não vêem «business case».

Ainda assim, é possível concluir que, no caso das PME, o conhecimento dos ODS e dos 169 targets da Agenda 2030 aumentou relativamente ao ano passado sendo agora, respetivamente, de 42,6% e de 16,7%, respetivamente.

Este melhor conhecimento dos ODS e dos seus targets conduziu a uma consciencialização da importância de incorporar os ODS na estratégia da empresa sendo esta, atualmente, de 86,9% no caso das Grandes Empresas e 68,6% no caso das PME.              

A igualdade de género (ODS 5), energias renováveis e acessíveis (ODS 7), o trabalho digno e crescimento económico (ODS 8), a indústria, inovação e infraestruturas (ODS 9), e a produção e consumos sustentáveis (ODS 12) foram os ODS destacados como os mais importantes por Grandes Empresas e por PME, embora as Grandes Empresas apontem também a ação climática (ODS13). As PME referem também o ODS 10 no contributo seu para reduzir as desigualdades.

O IAPMEI é um dos parceiros da iniciativa, que conta ainda com o apoio do BPI, Fundação La Caixa, e Fundação Francisco Manuel dos Santos.
 

Consulte o relatório na íntegra aqui.

– –
Fonte:
https://www.iapmei.pt/NOTICIAS/Observatorio-ODS-nas-empresas-portuguesas-Divulg.aspx

Consultar a fonte