A Capela de São Sebastião, o templo mais antigo da vila de Sesimbra, é inaugurada a 12 de dezembro, após um cuidadoso trabalho de reabilitação, levado a cabo pela Câmara Municipal, com apoio do Programa Lisboa 2020.

Depois de um investimento de 802 mil euros, 225 mil euros financiados pelo FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, através do Programa Operacional Lisboa 2020, a Capela de São Sebastião abre portas à comunidade, transformada num espaço cultural com uma das melhores vistas sobre a vila e o mar.

A cerimónia de inauguração está agendada para as 11 horas, com o descerramento da placa, seguindo-se a apresentação e visita guiada ao monumento com o arquiteto Armindo Pombo, responsável pela equipa que desenvolveu a obra de arquitetura e por intervenções de técnicos da área do património, que darão a conhecer a importância histórica do monumento edificado em 1484.

For privacy reasons YouTube needs your permission to be loaded. For more details, please see our Politica de Privacidade.
I Accept

A capela, situada na Rua D. Sancho I, em Sesimbra, foi construída em 1484 pelos mareantes e mandadores sesimbrenses em devoção ao S. Sebastião, santo protetor contra a peste e doenças originadas por via marítima.

Com várias reconstruções e usos ao longo de cinco séculos, até chegar ao estado de ruína, a Capela foi alvo de um cuidadoso trabalho de recuperação, que começou em 2017, com as sondagens e escavações arqueológicas, para se perceber como o edifício foi evoluindo no espaço e que usos teve ao longo do tempo.

Parte da obra foi executada com base em métodos tradicionais, com argamassas à base de cal e areia. No seu interior, a traça original apresenta uma nave ampla, de onde se destaca o arco triunfal, uma peça muito importante de cantaria em pedra do Zambujal.

A Capela de São Sebastião abre portas transformada num espaço cultural com uma das melhores vistas sobre a vila e o mar.

Fonte: C.M. Sesimbra/Lisboa2020

– –
Fonte:


Consultar a fonte