«Não estamos condenados à pirataria» – XXIII Governo

A Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC) determinou, no passado dia 2 de junho, o bloqueio de acesso a conteúdos de imprensa ilegalmente partilhados por um serviço de mensagens instantâneas com larga projeção mundial.  Esta medida é o resultado de um trabalho desenvolvido pelos partidos representados na Assembleia da República em consulta com organizações da sociedade civil…